Conectado na viagem? Saiba se o chip internacional é a melhor opção

Orlando nas Férias Leave a Comment

Pessoa utilizando um celular com chip internacional para bater uma foto do castelo da Disney.

Viajar fora do país não é motivo para ficar desconectado. Uma boa dica de Orlando, é ter um chip internacional, assim você não vai ter que ficar sem internet no celular nem por um minuto, podendo falar com quem quiser a qualquer hora do dia.

Apesar de ser bastante simples utilizá-lo, é comum que os turistas que viajam para Orlando pela primeira vez tenham dúvidas sobre como ele funciona. Se você faz parte desse grupo de pessoas, vale a pena ler este post com atenção.

Afinal, o que não vale é ficar sem internet durante as férias! Confira abaixo como o chip internacional funciona, onde comprá-lo e o que você precisa saber para se comunicar de maneira ilimitada e sem dores de cabeça.

Como funciona o chip internacional?

Imagem com vários tipos de chip internacional.

Adquirir um chip internacional facilitará sua vida durante a viagem! 

A maioria dos turistas brasileiros costuma optar pelo chip internacional quando viaja para Orlando ou outros locais dos Estados Unidos. Isso porque depender do roaming internacional oferecido pelas operadoras do Brasil é uma péssima ideia. Além de sair muito caro, a qualidade pode não ser das melhores.

Usar o chip internacional é bem simples. Depois de ativado, basta você inseri-lo normalmente no seu smartphone. Caso o aparelho tenha entrada para dois chips – ou SIM cards, como são chamados em inglês –, nem será preciso retirar o seu chip brasileiro.

Já no que se refere à quantidade de dados móveis, mensagens e ligações, tudo vai depender do tipo de plano contratado. Mas fique sabendo que várias operadoras americanas dispõem de pacotes de internet e ligações ilimitadas. Pesquise bem qual delas oferece as melhores vantagens antes de comprar o seu chip internacional.

Nos dias de hoje, uma das principais preocupações é o WhatsApp. O aplicativo funciona normalmente com a troca de chips. E o melhor de tudo é que você nem precisa alterar o número de telefone associado ao aplicativo. Depois de inserir o novo chip, abra o WhatsApp e, ao invés de alterar para o novo número, clique em manter o mesmo.

Com isso, você consegue conversar com todos os seus contatos do Brasil, inclusive os grupos. Nada é alterado e você continua recebendo as mensagens no aplicativo, mas podendo fazer ligações por meio do número dos EUA do seu chip internacional.

Descubra como adquirir um chip internacional

Imagem de um chip internacional fora da embalagem sobre um celular.

Na hora de comprar um chip internacional, é importante fazer uma boa pesquisa, com comparação de preços e benefícios de cada pacote! Fonte: PSafe

Como você deve imaginar, assim como no Brasil, há diversas operadoras nos EUA. Entre as mais famosas, estão a America Net, AT&T, T-Mobile e Verizon. Todas elas costumam oferecer pacotes pré-pagos, ou seja, que você paga antes por uma cota de dados e minutos de ligações para utilizar.

Outro detalhe importante que você deve saber é que é possível comprar o seu chip internacional antes da viagem ou quando já estiver em Orlando. Saiba quais são as diferenças e escolha a melhor opção para você.

No Brasil

Uma facilidade oferecida por algumas operadoras americanas é a compra do chip internacional pela internet. Ao fazer a compra desta forma, você escolhe um dos planos disponíveis, com a quantidade de dados e de minutos desejados, e o chip é entregue no seu endereço do Brasil. Simples assim!

Saiba que operadoras como a America Net, por exemplo, associam o chip internacional ao seu número de telefone fixo brasileiro. Com isso, qualquer pessoa pode te ligar no fixo e a ligação pode ser atendida pelo seu aparelho celular, ainda que você esteja nos EUA. E isso não envolve nenhum tipo de custo extra.

O grande diferencial de comprar o chip pela internet é que você chega em Orlando conectado. Assim que o avião pousar, o seu número já estará funcionando e o seu aparelho terá acesso à internet. Ou seja, você não fica sem se comunicar nem nos primeiros minutos da viagem.

Em Orlando

A outra opção é comprar o seu chip internacional assim que chegar em Orlando. No próprio aeroporto, você consegue adquirir um chip pré-pago. Logo após desembarcar, pergunte a algum funcionário onde encontrá-lo. Não se esqueça que nos EUA ele é chamado de SIM card. Outros estabelecimentos como lojas de operadoras, farmácias e supermercados também vendem os chips.

Depois de comprar o seu, siga as instruções contidas na embalagem para ativar a sua linha e começar a utilizá-la. Funciona de maneira bem parecida a que conhecemos. Basta você ligar para o número informado e fornecer o ZIP code – que corresponde ao CEP – do seu endereço na cidade. Você pode tanto utilizar o ZIP do hotel ou da casa onde está hospedado quanto dos parques da Disney ou outro local.

Feito isso, você receberá um SMS com o seu novo número de telefone americano. E, então, é só começar a utilizar o seu chip internacional para se comunicar com quem você quiser!

Celulares pré-pagos

Pessoa utilizando um celular com chip internacional para buscar imagens.

Celulares pré-pagos: uma alternativa interessante à compra de um chip internacional!

Uma alternativa bem estranha para os brasileiros são os celulares pré-pagos, pois não estamos familiarizados. Vários dos locais onde são vendidos os chips também comercializam aparelhos celulares simples e que já possuem o chip. Trata-se de mais uma alternativa para os turistas.

Talvez você esteja pensando: mas vale a pena gastar tanto dinheiro comprando um celular só para se comunicar durante as férias? Dependendo do caso, vale, sim! Isso porque é possível comprar um aparelho com chip por cerca de USD 35. Portanto, avalie com cuidado as opções para ver qual delas compensa mais para você e a sua família.

5 motivos para você usar um chip internacional em Orlando

Imagem mostrando a tela de um celular com chip internacional na qual um pequeno mapa de um dos parques da Disney é exibido.

Curta sua viagem ao máximo com os benefícios que a compra de um chip internacional pode trazer! Fonte: PopSugar

1. Preço alto cobrado pelas operadoras do Brasil

Como já foi dito aqui, usar o chip brasileiro em viagens para o exterior é algo que você deve sempre evitar. Considerando o preço cobrado para você fazer ligações ou usar a internet com o seu número do Brasil, compensa muito mais comprar um chip internacional e adquirir um pacote para o período da viagem.

Além dos valores cobrados por minuto de ligação, ainda há os impostos e taxas que podem aparecer na sua conta depois. O mesmo vale para quando você está nos EUA e recebe uma ligação do Brasil, pois é você quem paga as taxas.

No entanto, usar o chip brasileiro não deixa de ser uma possibilidade para casos de emergência. E o que não deixa de ser uma opção é verificar com a sua operadora se ela não oferece um plano para viagens internacionais. Lembre-se de colocar tudo no papel para ver se realmente compensa.

2. Não depender do wi-fi

Há quem escolha não comprar um chip internacional para economizar e usar a internet apenas nos lugares que possuem uma rede wi-fi. Porém, não são todos os locais que contam com wi-fi ou nem sempre o serviço está funcionando bem. Por exemplo, em todos os parques da Disney é disponibilizado Wi-Fi, porém para garantir que você não vai perder os horários do seu FastPass+, utilizar um chip é uma ótima ideia. 

Outra vantagem é utilizar todos os aplicativos de troca de mensagens para poder se comunicar a qualquer hora. Caso aconteça alguma coisa com algum membro do grupo durante a viagem ou até mesmo com algum familiar no Brasil, você garante que estará disponível no celular.

Sem contar que ao ter internet no seu aparelho, é possível tirar fotos da viagem e já compartilhá-las nas redes sociais. Dessa forma, todo mundo da sua rede de contatos acompanha a sua viagem praticamente em tempo real.

3. Usar o GPS em qualquer lugar

O aluguel de carros é a primeira opção da maioria dos turistas quando o assunto é locomoção por Orlando. Em comparação aos demais meios de transporte, ter um carro próprio para ir de um lugar a outro da cidade é a melhor alternativa. Além de te dar mais liberdade, é o transporte mais confortável e com melhor custo-benefício.

Ainda que seja fácil dirigir por lá, uma vez que as vias são bem conservadas e sinalizadas, contar com o GPS é sempre uma boa pedida. As locadoras oferecem esse serviço adicional aos turistas, mas nada melhor do que poder usar o GPS do seu próprio celular e sem ter que pagar a mais por isso.

Além disso, ter um chip internacional te permite utilizar aplicativos como o Waze. Ele te ajuda a se localizar na cidade e encontrar os locais que procura sem se perder. Você vai perceber a diferença que faz na hora de achar um restaurante, loja ou qualquer estabelecimento específico.

4. Fazer ligações em emergências

As ligações são cada vez mais raras nos dias de hoje. Com o uso massivo de aplicativos como o WhatsApp, poucas são as situações em que precisamos, de fato, realizar ligações para alguém. Afinal, é muito mais fácil enviar uma mensagem e esperar que a pessoa responda quando puder, não é mesmo?

Porém, em certos casos, é preciso fazer chamadas. Quando se trata de emergências, é extremamente importante que você possua um chip internacional. Se você passar mal, se machucar e precisar acionar o seguro viagem, por exemplo, provavelmente será preciso ligar para a seguradora.

5. Não se perder do grupo

Grupo de pessoas utilizando, cada uma delas, um celular com chip internacional.

Para manter o grupo unido e conectado, a compra de um chip internacional pode ser a solução! Fonte: GoodTherapy

O último motivo, mas não menos importante, pelo qual você deveria adquirir um chip internacional para a sua viagem é a comunicação com as pessoas do seu grupo. Seja quantas forem as pessoas com quem você vai viajar, é normal que cada um queira fazer uma coisa e o grupo tenha que se separar em diferentes momentos.

Isso acontece dentro dos parques, dos shoppings, dos outlets, etc. Até mesmo naqueles momentos em que alguém precisa ir correndo ao banheiro e os demais estão na fila de uma atração, comendo ou simplesmente não queiram se deslocar de onde estão.

Para evitar que uns se percam dos outros, é importante que todos tenham internet no celular. Ao mesmo tempo, você não precisa perder tempo durante a viagem tentando descobrir onde cada um está.

Sendo assim, leve em consideração todos os fatores abordados neste post para saber se o chip internacional é a melhor opção para você. De qualquer forma, ele costuma valer a pena por toda a facilidade que oferece, sem comprometer o orçamento da viagem.

Então, já sabe se vai adquirir ou não um chip internacional para as suas férias em Orlando? Conte pra gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *