iFly Orlando: diversão para os fãs de aventura

Orlando nas Férias Leave a Comment


Você é do tipo que tem medo de saltar de paraquedas? Já passou pela sua cabeça entrar numa torre que simula essa experiência? É isso que faz o iFly Orlando ser um programa imperdível para quem curte se aventurar!

Esse simulador foi criado há algumas décadas com o objetivo de ser usado para treinamento de saltos. A ideia era proporcionar a prática, eliminando os gastos com equipamentos a cada salto. Por isso, ele foi bastante utilizado para o treino de militares nos Estados Unidos.

Com o passar o tempo, o simulador começou a ser utilizado para outro propósito: a diversão de turistas do mundo inteiro que visitam Orlando durante as férias. Você já tinha ouvido falar sobre isso?

O post de hoje te conta um pouquinho mais sobre o que é o iFly Orlando, como ele funciona e o que é preciso fazer para participar. Ficou interessado em viver na pele essa aventura? Confira tudo o que você precisa saber abaixo!

Como funciona o iFly Orlando?

Não acredite em quem te disser que saltar dentro do iFly Orlando é algo complexo, pois é bem mais simples do que você pode imaginar. Antes de tudo, é preciso comprar o seu pacote de voo – falaremos mais pra frente sobre isso – e, então, apenas aguardar o instrutor chamar o seu grupo para seguir as próximas etapas. Veja a seguir:

Roupas e equipamentos

Para voar no iFly Orlando, todos precisam estar devidamente equipados. Por isso, ao chegar na sala localizada no topo da torre, você vai receber um capacete, macacão, protetores auriculares e óculos de proteção. Saiba que todos esses itens estão inclusos no pacote pago pelo seu voo.

Além disso, vale a pena apontar que essa experiência exige o uso de sapatos fechados. Portanto, atente-se a isso antes de sair do hotel para não acabar usando um calçado inadequado. Dê preferência, por exemplo, aos tênis, pois eles ficam mais firmes nos pés e são mais confortáveis.

Antes de passar para a próxima etapa, você também vai precisar guardar todos os seus objetos pessoais nos armários disponíveis na mesma sala. Isso inclui celulares e câmeras também. Ou seja, tirar fotos ou gravar vídeos durante o voo não é possível, mas você pode comprá-los ao final da experiência.

Treinamento

Quando todos estiverem vestidos e equipados, o grupo é levado para uma sala de treinamento. Essa etapa é considerada a mais importante no iFly Orlando. Afinal de contas, é quando o instrutor fornece todas as explicações necessárias para que você tire o máximo de proveito do seu voo.

O treinamento todo leva em torno de 20 minutos. Primeiro, todos assistem a um vídeo que detalha o procedimento do salto. Feito isso, é hora de explicar as três posições básicas para saltar. Preste bastante atenção nesse momento para não deixar passar nenhum detalhe importante. Isso porque quando você não está na posição correta o voo não funciona tão bem e, consequentemente, a sensação não é a mesma.

Os instrutores também explicam durante o treinamento os sinais utilizados para orientação. Cada sinal feito com a mão representa algum tipo de movimento que você deve fazer, que pode ser, por exemplo, esticar ou dobrar mais as pernas.

Já fique sabendo também que o treinamento é dado em inglês. Porém, por conta do vídeo ser bem ilustrativo assim como as simulações feitas na hora no iFly Orlando, isso não é um problema. Mesmo que o seu inglês não seja dos melhores, é possível entender as orientações sem grandes dificuldades.

Se mesmo assim você se sentir inseguro, há uma alternativa. Você pode pedir na recepção para que seu voo seja feito por um instrutor que fale espanhol. Geralmente, os brasileiros se sentem mais tranquilos em relação à língua espanhola e podem até ter a chance de ouvir um clássico “portunhol”.


Fonte: viator.com

Área de embarque

Feito o treinamento, o grupo desce para um espaço que parece um aquário, bem ao lado do túnel de vento. Agora sim é a hora tão esperada do voo! Os participantes, um por vez, entram no túnel junto com o instrutor. Nessa área de embarque, outras pessoas que não vão participar da experiência podem ficar observando e tirando fotos, sem ter que pagar nada por isso.

Restrições

Crianças com menos de 3 anos de idade e gestantes não podem voar no iFly Orlando por questões de segurança. Além disso, não é recomendado também para quem teve alguma fratura recente, deslocamento na coluna e problemas do gênero.

Na maior parte dos casos, portadores de necessidades especiais podem voar sem problemas. Mas, de qualquer maneira, cabe ao instrutor fazer uma avaliação de segurança e autorizar a participação da pessoa.

Qual é a sensação de voar no iFly Orlando?

Há três tipos de voos possíveis: o de barriga para baixo (belly fly), o de costas (back fly) e o sentado (sit fly). Quem está voando no iFly Orlando pela primeira vez geralmente opta pelo voo de barriga para baixo, que é o mais básico. Já os outros dois são mais completos e exigem uma certa experiência.

Para o belly fly, você pode escolher entre três posições diferentes: pernas esticadas, pernas flexionadas e queixo para o alto. E fique sabendo que cada posição influencia diretamente a sua estabilidade durante o voo.

Com a ajuda do instrutor e a partir dos sinais feitos com a mão esquerda, você vai se posicionando. Aos poucos, você consegue se ajustar da melhor maneira e curtir a experiência. Falando assim, pode parecer um pouquinho complicado, mas saiba que é muito tranquilo mesmo!

Antes de ir para a sala para vestir os equipamentos, vale a pena observar os outros grupos saltando. Isso porque ver outras pessoas no túnel de vento do iFly Orlando te permite ter uma melhor ideia de como vai ser quando chegar a sua vez.

Nesse momento, o instrutor vai te dar toda a ajuda que você precisa para entrar no túnel da forma correta. É só na hora do voo que você consegue realmente sentir a influência das posições e tudo o que foi explicado durante o treinamento.

A ideia é que você não fique virando para os lados ou indo de cima para baixo, mas o objetivo é ficar “parado” no ar. É difícil descrever exatamente como tudo funciona. Você só vai entender, de verdade, o que está sendo dito aqui quando estiver lá!

Quanto custa a experiência no iFly Orlando?

No site da iFly Orlando, você vai encontrar todas informações sobre os voos. Fique sabendo que há diferentes tipos, sendo que cada um deles é mais adequado para determinado perfil de pessoa. Há opções tanto para quem vai saltar pela primeira vez quanto para os mais experientes.

Os pacotes podem incluir voos mais complexos, ser individuais ou em grupo. Além disso, os preços variam de acordo com o número, tempo de voo e se você vai querer vídeos e fotos dessa experiência.

Para você ter uma ideia, o pacote mais básico inclui dois voos de um minuto cada e custa cerca de 69,95 dólares. Já no caso do pacote com cinco voos, o valor é de 131,95 dólares. Há opção para a família inteira se divertir junta também. É possível incluir até cinco pessoas no pacote familiar, que sai por 299,95 dólares.

12 dúvidas comuns de quem vai no iFly Orlando pela primeira vez

1. Quanto tempo dura a experiência?

Cada voo individual dura, no total, um minuto. No entanto, a duração da sua experiência no iFly Orlando vai depender do pacote que você adquiriu. Se você pagou por dois voos, por exemplo, você vai entrar no túnel de vento duas vezes com o instrutor, sendo que cada uma leva um minuto.

Se você está indo para o iFly Orlando pela primeira vez, saiba que a experiência toda, do começo ao fim, dura cerca de uma hora e meia. Isso inclui o tempo de check-in, treinamento, voo, retirada de equipamentos e, caso você queira, assistir aos vídeos.

2. É preciso fazer uma reserva?

Apesar de você poder ter a chance de voar sem hora marcada, vale a pena fazer a reserva com antecedência. Afinal, dependendo do dia, você pode chegar no iFly Orlando e não conseguir um horário disponível e que se encaixe no seu roteiro.

3. O que está incluso no voo?

Embora algumas coisas possam variar de pacote para pacote, a maioria inclui a sessão de treinamento, o uso dos equipamentos, tempo de voo e assistência do instrutor. Ainda, ao final, você pode retirar um certificado de voo personalizado.

4. Que horas devo chegar?

No iFly Orlando, por ser uma unidade que recebe diariamente muitas pessoas, é importante que você chegue na hora marcada. No caso dos grupos grandes, o mais recomendado é chegar, pelo menos, 10 minutos antes.

5. Qual é a roupa mais adequada?

Como falamos anteriormente, o primordial é estar de sapatos fechados. Dê preferência aos tênis de corrida ou casuais. Embora você vá colocar o macacão por cima das roupas, o mais recomendado é que você esteja usando peças confortáveis. Usar saias e vestidos não é uma boa ideia. O melhor mesmo é optar por uma calça leve e camisetas sem gola.

6. É preciso retirar os acessórios?

Na hora de entrar no túnel do iFly Orlando, você não pode estar usando nenhum tipo de acessório. Portanto, relógios, brincos, colares, anéis e qualquer tipo de acessório de cabelo devem ser retirados. Além disso, lembre-se de tirar qualquer item presente nos bolsos da roupa.

7. E no caso dos óculos de grau?

Quem precisa de óculos para enxergar não deve se preocupar. Os óculos de proteção são grandes o suficiente para serem usados por cima dos óculos de grau.

8. Tem problema comer antes do voo?

Não. Você pode ficar à vontade para comer antes da sua experiência no iFly Orlando. Essa é uma dúvida comum, já que muita gente acha que o voo pode causa enjoos ou sensações do gênero – o que não é o caso.

9. É difícil de respirar no túnel de vento?

Nem um pouco. Sabe aquela sensação de colocar a cabeça para fora da janela do carro em movimento? Trata-se de algo parecido, pois você sente o vento no seu rosto. Sendo assim, você vai respirar normalmente.

10. O treinamento é obrigatório?

Todas as pessoas que estão voando pela primeira vez devem participar da sessão de treinamento. É uma etapa necessária para que você aprenda as posições e consiga aproveitar o seu voo de verdade. Apenas as pessoas que voaram na iFly Orlando nos últimos três meses estão dispensadas do treinamento.

11. Como funciona o esquema de fotos?

Durante o voo, a iFly Orlando tira várias fotos e faz vídeos dos participantes no túnel de vento. Todos esses registros podem ser vistos imediatamente ao final do voo e comprados em diferentes formatos. Além disso, você também pode acessar as suas fotos online em até seis meses depois da experiência.

12. Como saber se o iFly Orlando realmente vale a pena?

Orlando é uma cidade repleta de atrações e diversão para toda a família! Tanto que muitos turistas acabam nem sabendo da existência do iFly Orlando diante de tantos passeios para fazer por lá. A procura costuma ser principalmente pelos parques temáticos, shoppings e outlets – se tem uma coisa que brasileiro gosta é fazer compras na cidade.

No entanto, ter essa experiência de voo pode ser algo único e inesquecível. Se você é fã de adrenalina, não deixe de incluir uma visita ao iFly Orlando no seu roteiro de viagem.

Planejando direitinho, você consegue aproveitar ao máximo tudo o que a cidade tem para oferecer.

Ainda tem alguma dúvida sobre essa incrível atração? Compartilhe com a gente nos comentários!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *