Mapa dos parques da Disney: não perca nenhuma atração

Orlando nas Férias Leave a Comment

Arco de entrada do Walt Disney World.

Se você estiver com viagem marcada para Orlando, é aconselhável decidir com antecedência quais parques quer conhecer e quanto tempo destinará a cada um deles. Em Orlando você encontra os complexos de parques Walt Disney World, Seaworld, Universal Orlando e Legoland. Neste artigo vamos nos concentrar nos parques do Walt Disney World, que você pode ver abaixo no mapa dos parques da Disney.

 

O ideal é saber quais são as principais atrações de cada parque e conversar com seus companheiros de viagem para determinar as prioridades do grupo. Assim, você pode planejar melhor seus dias e a localização da sua hospedagem, escolhendo um lugar com fácil acesso aos principais pontos de interesse.

 

A área total abrange mais de 11 mil hectares e é composta por quatro parques temáticos (Magic Kingdom, Epcot, Disney’s Hollywood Studios e Animal Kingdom), dois parques aquáticos (Blizzard Beach e Typhoon Lagoon), um centro de entretenimento (Disney Springs), diversos hotéis, restaurantes e até campos de golfe.

 

O complexo foi criado depois da Disneyland, na Califórnia, inaugurada em 1955. Walt Disney escolheu essa região dos EUA, até então pouco explorada, para expandir seu projeto inicial e dar vida a um grande sonho. Infelizmente, ele não chegou a ver os resultados do que havia planejado, porque faleceu em 1966 vítima de câncer. Seu irmão Roy foi, então, o responsável pela concretização do projeto, que você pode visualizar no mapa dos parques da Disney.

Mapa dos parques da Disney

 

Imagem de um mapa dos parques da Disney.

Imagem: ciçacamp.

O Walt Disney World Resort fica entre Orlando e Kissimmee e tem como endereço oficial a cidade de Lake Buena Vista, que conta com apenas 8 km² e uma população de 11 habitantes.

 

No entanto, a maior parte do complexo, incluindo os quatro parques temáticos, fica localizada fisicamente na cidade vizinha, Bay Lake. A distância de lá até o aeroporto internacional de Orlando é de cerca de 30 km. São 28 km do centro de Orlando até o complexo Disney, e 19 km desde o centro de Kissimmee.

 

Os parques da Disney ficam todos próximos uns dos outros, dentro do grande complexo Walt Disney World, como você pode ver no mapa dos parques da Disney. O Magic Kingdom fica um pouco mais afastado dos demais, mas tem fácil acesso.

 

Para se planejar é importante se familiarizar com o mapa dos parques da Disney e também ficar atento sobre as principais informações de cada um deles e suas atrações com mais destaque. Por isso, faremos a seguir um panorama de cada parque.

 

Se estiver de carro, coloque os endereços que indicaremos a seguir no seu GPS quando sair da sua hospedagem. Ao se aproximar dos parques e começar a ver placas de estacionamento (parking), passe a usá-las como referência, porque a área é extensa e o GPS nem sempre é preciso o suficiente para apontar o acesso exato para o estacionamento de visitantes.

Magic Kingdom

Magic Kingdom

Imagem: Wikimedia Commons.

 

Endereço: 1.180 Seven Seas Drive, Lake Buena Vista.

O Magic Kingdom foi o primeiro parque da Disney em Orlando, inaugurado em 1971. Foi a partir dele que essa região cresceu e se desenvolveu, incluindo outros equipamentos de entretenimento nos arredores com o passar dos anos. Por isso, o parque – e seu principal ícone, o grande castelo da Cinderela – é considerado um símbolo de Orlando.

 

Com área de 57 hectares, ele é o parque com o maior número de atrações em todo o complexo Walt Disney World, mas a maioria tem um perfil mais “familiar”. Não é o lugar ideal se seu foco são brinquedos radicais, no entanto, é onde boa parte da magia Disney está representada. Em outras palavras, é um ótimo parque para quem viaja com crianças pequenas ou quer voltar a ser criança.

Como você vê no mapa dos parques da Disney, o Magic Kingdom fica mais em cima, um pouco afastado dos demais parques do complexo. Ele é dividido em seis áreas temáticas: Main Street USA, Frontierland, Adventureland, Liberty Square, Fantasyland e Tomorrowland.

As principais atrações desse parque são o passeio de barco Pirates of the Caribbean, a Splash Mountain (barco que despenca na água a uma velocidade de 65 km/h), a montanha-russa leve Big Thunder Mountain Railroad, o filme 3D Mickey’s Philharmagic, a montanha-russa radical Space Mountain e os shows Festival of Fantasy Parade, Wishes e Celebrate the Magic.

Epcot

Epcot Center

 

Endereço: 200 Epcot Center Dr, Lake Buena Vista.

O Epcot foi o segundo parque inaugurado no complexo, em 1982. Seu nome vem de “Experimental Prototype Community of Tomorrow”, que pode ser traduzido como “Protótipo Experimental de Comunidade do Amanhã”.

Quando idealizou o parque, Walt Disney tinha em mente um lugar que celebrasse as realizações humanas, dando destaque às mais recentes tecnologias. Sua ideia inicial era criar uma cidade real, autônoma e planejada, mas a empresa decidiu não dar continuidade a esse conceito.

O parque tem uma área de 123 hectares e é dividido em duas partes: World Showcase, onde 11 pavilhões representam elementos típicos de diferentes países, e Future World, zona futurística que concentra atrações, lojas, lanchonetes etc. Seu símbolo é a grande bola prateada que é considerada o segundo ponto turístico mais fotografado do mundo, atrás apenas da Torre Eiffel.

O Epcot tem o menor número de atrações dentre os parques da Disney, mas também oferece atrações famosas e bem divertidas. É o caso do Soarin, um simulador de asa-delta que “sobrevoa” vários destinos mundo afora, e do Test Track, ótimo para quem gosta de carros e corrida.

Nesse brinquedo você pode escolher as configurações do seu carro ideal e depois “testar” esse carro virtual personalizado, chegando a mais de 100 km/h. Também vale a pena conferir o show de luzes Illuminations, que acontece toda noite.

Hollywood Studios

Hollywood Studios

Imagem: Wikimedia Commons.

 

Endereço: 351 South Studio Drive, Lake Buena Vista.

Inaugurado em 1989, o Hollywood Studios se chamava MGM Studios até 2007, quando mudou de nome depois de brigas judiciais. Esse é o menor dos quatro parques da Disney, mas tem atrações bem concorridas e é uma ótima opção para quem gosta de atrações mais radicais, reunindo uma boa dose de adrenalina.

O tema do lugar, como você deve imaginar, é o cinema. Por isso, vários dos brinquedos são inspirados em filmes e séries. Um dos destaques é a franquia Star Wars, que está representada em atrações como desfiles de Stormtroopers, treinamentos de jedi para crianças e no simulador 3D Star Tours, nave espacial que leva os visitantes por um passeio por várias galáxias. O brinquedo faz vários circuitos diferentes, o que torna uma “viagem” diferente da outra.

Entre as principais atrações, destacam-se também o radical elevador Twilight Zone of Terror, que despenca no escuro; a montanha-russa Rock’n’Roller Coaster, estrelada pela banda Aerosmith; a Toy Story Midway Mania, onde você participa de brincadeiras 3D com a “companhia” dos personagens desse divertido desenho animado; e o show noturno Fantasmic, considerado um dos mais bonitos da Disney.   

Animal Kingdom

Parque Animal Kingdom

Endereço: 551 Rainforest Road, Lake Buena Vista.

O Animal Kingdom foi o último parque de diversões da Disney a ser inaugurado, em 1998. Ele é focado, como o nome indica, nas mais diversas espécies de animais, defendendo a preservação da natureza. Uma curiosidade é que visto de cima o parque tem o formato da África.

Esse é o maior dos parques em área, sendo cinco vezes maior que o Magic Kingdom, ele está dividido em diferentes seções: Oasis, Dinoland, Discovery Island, Asia, Africa, Rafiki’s Planet Watch e Pandora (o mundo de Avatar, inaugurado recentemente).

Além de reunir cerca de 1500 animais de mais de 300 espécies, o espaço oferece atrações divertidas como Dinosaur (jipe que leva os passageiros numa aventura pela era jurássica, encontrando vários dinossauros bonzinhos e alguns carnívoros e famintos), o musical Finding Nemo (baseado em Procurando Nemo) eKali River Rapidse Expedition Everest – Legend of the Forbidden Mountain (a montanha-russa mais cara já feita no mundo).

Outros destaques são It’s Tough To Be a Bug (animação 3D baseada no filmeVida de Inseto), Festival of the Lion King (show inspirado no Rei Leão) e Kilimanjaro Safari. Nessa última você pode ver de pertinho animais como leões, antílopes, hienas, zebras, elefantes, flamingos, girafas e rinocerontes, a bordo de um carrinho tipo safári.

Typhoon Lagoon

Parque aquático Typhoon Lagoon

Endereço: 1.135, E. Buena Vista Drive, Lake Buena Vista.

Esse parque aquático inaugurado em 1989 é inspirado no visual de uma ilha paradisíaca, incluindo até uma praia artificial. Seu conceito foi criado, assim como acontece em outras partes da Disney, em torno de uma história fantástica: um vilarejo de pescadores teria sido destruído por catástrofes naturais e seus restos foram abandonados. Por isso, as atrações e decoração foram feitas de modo a parecer antigas e desgastadas.

Entre as principais atrações do parque aquático Typhoon Lagoon podemos destacar o conjunto de tobogãs Humunga Kowabunga, a “montanha-russa aquática” Crush’n’Gusher, o tobogã Mayday Falls (o mais alto do parque), o rio de correnteza Castaway Creek, a piscina de ondas Surf Pool, a piscina Shark Reef (onde é possível fazer snorkel ou mergulho com tubarões e arraias) e tobogãs mais indicados para famílias, como o Keelhaul Falls, ou crianças, como o Bay Slides Body.

O Typhoon Lagoon fica entre o Epcot e a Downtown Disney, como você pode ver no mapa dos parques da Disney, e tem estacionamento gratuito. Não se esqueça de confirmar, antes da sua viagem, se o parque estará em funcionamento, porque ele é fechado para manutenção todos os anos durante os meses mais frios.

Blizzard Beach

Parque aquático Blizzard Beach, que imita estações de esqui

Endereço: 1.500, W. Buena Vista Drive, Lake Buena Vista.

Inaugurado em 1995, o Blizzard Beach também é um parque aquático, mas com um tema inusitado para esse tipo de atração: ele imita uma estação de esqui. Assim como o Typhoon Lagoon, ele tem uma historinha por trás: uma tempestade de neve teria acontecido em Orlando. Com o posterior aumento da temperatura, as geleiras teriam derretido parcialmente e tomado a forma de escorregadores.

O lugar é cheio de neve artificial e tem até teleférico para chegar nos tobogãs mais altos. Algumas das atrações são bem radicais, como o Summit Plummet, onde você escorrega a uma velocidade de 90 km/h, e o tobogã duplo Downhill Double Dipper, em que é possível apostar corrida com um amigo. Outro destaque para quem busca adrenalina é o Slush Gusher, divertido tobogã com 27 metros de altura.

Outras atrações do Blizzard Beach são mais tranquilas, sendo ideais para famílias, como o rio de correnteza Cross Country Creek, o Ski Patrol Training (onde as crianças devem se equilibrar em objetos que imitam blocos de gelo), a praia artificial Melt-Away Bay e os tobogãs Tobogan Racers e Teamboat Springs. Como mostra o mapa dos parques da Disney, esse parque fica entre o Animal Kingdom e o Hollywood Studios.

Dicas para aproveitar os parques da Disney

Você pode se hospedar em hotéis dentro do complexo Disney, que têm diárias relativamente caras, ou buscar outras opções de hospedagem perto dali, pagando bem menos. Uma alternativa que costuma oferecer um bom custo-benefício, especialmente para famílias e grupos grandes, é alugar uma casa nas proximidades do Walt Disney World.

No mapa dos parques da Disney que ilustra esse texto você pode ter uma ideia geral dos arredores do Walt Disney World. Ao procurar a melhor opção de hospedagem, leve em consideração a facilidade de acesso ao complexo Disney. Para isso, você pode usar o Google Maps para traçar o roteiro ou conferir esse mapa dos parques da Disney disponível no site oficial.

Para se locomover por lá, o ideal é alugar um carro. Isso facilita seu acesso não só aos parques, como também aos outlets, shoppings e outras atrações da região. É bem fácil se locomover em Orlando e arredores, para chegar aos parques é só colocar os endereços acima no GPS.

Para decidir em que dia visitar cada parque, além de consultar o mapa dos parques da Disney é importante conferir os horários de funcionamento no site oficial, pois eles podem variar de acordo com a data.

Veja também os horários dos shows noturnos de cada um deles e se programe de acordo. É recomendável chegar com pelo menos meia hora de antecedência para conseguir um bom lugar nos shows mais concorridos.

Como economizar tempo com o mapa dos parques da Disney

Como você viu no mapa dos parques da Disney, são muitas atrações em uma área bem grande. Por isso, a recomendação é separar um dia inteiro para cada parque, chegar cedo e ir primeiro nos brinquedos mais disputados, porque depois das 10h os parques tendem a ficar bem mais cheios.

Outra forma de poupar tempo é usar o aplicativo Disney Experience, que mostra o mapa dos parques da Disney, a localização das atrações, banheiros, restaurantes e até o tempo de espera nas filas de cada atração.

Assim, é possível organizar seu itinerário dentro de cada parque de acordo com o tempo estimado para acesso aos brinquedos que mais lhe interessam. Também é possível usar o app para fazer reservas nos restaurantes do complexo.

Por fim, não podemos deixar de mencionar as vantagens de usar o Disney FastPass+, sistema gratuito através do qual você pode reservar um horário de entrada para até três atrações por dia e pegar uma fila separada, mais curta, ao chegar no horário marcado.

Esse serviço deixa seu dia um pouco mais “engessado”, mas através dele é possível poupar várias horas de espera nas atrações mais concorridas. Você pode fazer o FastPass até 30 dias antes da sua visita, através deste site.

Cirque du Soleil Orlando

Gostou das dicas sobre as principais atrações e aproveitou para localizá-las no mapa dos parques da Disney? Compartilhe esse texto com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *