Conheça o mundo bizarro do Ripley's Believe it or Not

Orlando nas Férias Leave a Comment

Fachada do Ripley's Believe it or Not

Talvez não tenha passado pela sua cabeça que os museus fazem parte das atrações culturais de Orlando. Entre eles, um que se destaca e chama a atenção por ser um programa tão diferente é o Ripley’s Believe It or Not.

Por conta do protagonismo dos parques temáticos da cidade, outros tipos de atividade, como a visita a museus em Orlando, acabam não entrando na programação da maioria dos turistas. Porém, fique sabendo que eles também podem proporcionar passeios divertidos, além de muito conhecimento.

O Ripley’s Believe It or Not caiu no gosto de pessoas do mundo inteiro, mesmo aquelas que não são fãs de passeios culturais. Isso porque ele é diferente de qualquer museu que você já tenha visitado. Quer saber por quê? Continue lendo!

Sobre o Ripley’s Believe It or Not

Como você já deve imaginar, o Ripley’s Believe It or Not Orlando é um museu completamente diferente de tudo o que você já viu. Isso não apenas quando se trata de museus, pois talvez ele seja uma das atrações mais inusitadas que você pode encontrar em toda a cidade de Orlando.

Ao andar pelas suas 16 galerias e conferir de perto as mais de 400 peças em exposição, qualquer visitante fica se perguntando o tempo todo se os objetos são realmente verdadeiros. Por serem tão exóticas, é comum que as pessoas duvidem delas, cogitando se não foram inventadas.

Logo que você chegar em frente ao Ripley’s Believe It or Not, você já ficará bastante impressionado com a infraestrutura do local. Isso porque a fachada dele é como se fosse uma casa inclinada, com a estrutura torna, dando a impressão de estar literalmente afundando. Essa aparência lembra um pouco outro museu de Orlando, o WonderWorks, cuja fachada é uma casa de ponta-cabeça.

É um passeio que você não vai se arrepender, já que é uma experiência bem diferente para qualquer pessoa. Além de ser uma alternativa aos parques de Orlando, a visita não toma muito tempo e pode ser facilmente encaixada no roteiro de viagem. É claro que o tempo de visita depende do ritmo de cada um, mas geralmente duas horas são suficientes para ver tudo com calma. Ainda, por estar localizado na International Drive, chegar até o Ripley’s Believe It or Not é bastante simples.

Como tudo começou

Tudo começou a partir do trabalho feito pelo cartunista e empresário americano Robert Ripley, também fundador do museu. Em um jornal impresso, Ripley escrevia uma série sobre fatos e acontecimentos bizarros. A estranheza causada por eles fazia com que muitas pessoas duvidassem das histórias contadas por ele.

Por isso, à medida que os fatos foram ficando famosos, ele começou a viajar pelo mundo coletando objetos, histórias e relatos com o intuito de comprová-los. Essas viagens deram ainda mais fama às bizarrices compartilhadas por Ripley. Tanto que a série deu origem a livros, programas de rádio e até de televisão. No Brasil, o programa de TV foi traduzido para “Acredite Se Quiser”.

Com tantos objetos em mãos, surgiu a ideia de abrir locais onde fosse possível exibi-los aos visitantes curiosos. Hoje o Ripley’s Believe It or Not é uma franquia que conta com 21 unidades no Estados Unidos. Além disso, ele também está presente no Canadá, Austrália, Dinamarca, Inglaterra, Coreia do Sul, Malásia, México, Holanda e Tailândia.

Fotografia de Robert Ripley, criador do museu Ripley's Believe it or Not

Fonte: Vanity Fair

Conheça as principais atrações

Centenas de atrações, objetos, quadros e amostras estão espalhados pelas 16 galerias ou salas do Ripley’s Believe It or Not. Algumas coisas são tão estranhas que fica difícil entender do que se tratam, de onde vieram e tudo mais. Mas não se preocupe! Você vai encontrar por lá diversas placas que falam um pouquinho dos objetos presentes no museu.

Logo que passar a entrada, você vai se deparar com as chamadas estátuas da fertilidade. E o convite é para que os visitantes as toquem para descobrir o que acontece. Toda essa primeira parte do Ripley’s Believe It or Not é bastante interativa e busca estimular os sentidos das pessoas.


História das estátuas da fertilidade.

Você vai se encantar com o túnel de equilíbrio e com a diversão da área de jogos. Até a mesa de sinuca, que se parece como outra qualquer, é capaz de te pregar peças e render boas risadas.

Ao caminhar pelo museu, não deixe de olhar para todos os lados e, inclusive, para o teto. Isso porque os objetos estão literalmente por todos os lados e até no teto, um local nada esperado em exposições.

Alguns dos quadros mais famosos do Ripley’s Believe It or Not são: o quadro da Monalisa feito de pão, outro feito apenas com peças de Lego, o quadro do Mario Bros feito com pedaços de skate quebrado e o retrato da Beyoncé feito com balas. Além dos quadros, há também um carro feito de instrumentos musicais e peças feitas com palitos de fósforo.

O museu também exibe objetos bem curiosos, como um pedaço do muro de Berlim, o maior pneu já fabricado, a maior cadeira do mundo, uma réplica do homem mais alto e também do mais gordo do mundo. Saiba que até os animais entram na brincadeira. Você vai encontrar por lá cachorros de duas cabeças, porcos de três dedos, entre outros animais empalhados.

O Ripley’s Believe It or Not ainda inclui no seu acervo objetos de pessoas famosas, um kit de caçador de vampiros e até um pedaço do cabelo de Elvis Presley. Além da curiosidade despertada pelos objetos, a visita vale a pena pela experiência sensorial.

Não há como não se encantar com os recursos interativos do museu que incluem luzes, sons, entre outros recursos. Com tantas coisas, é fácil se sentir perdido por lá, já que não há uma ordem de objetos. Eles estão dispostos de maneira aleatória e, portanto, você confere cada atração de acordo com quais chamam mais a sua atenção.

Saiba também que há algumas atrações pagas. Um exemplo é uma em que você paga 50 cents para dar até 20 tiros nos alvos mais estranhos que você pode imaginar. Há ainda outras opções, mas todas são baratas e super divertidas.

Criança olhando para um dos animais empalhados do Ripley's Believe it or Not

Os animais empalhados são parte da atração do museu.

Informações úteis

  • Horário de funcionamento: aberto todos os dias, das 9h às 0h.
  • Endereço: 8201 International Drive, Orlando, Florida.
  • Valor dos ingressos: USD 18,99 para adultos e maiores de 12 anos; e USD 12,99 para crianças entre 3 e 11 anos de idade.

O que o Ripley’s Believe It or Not e o WonderWorks têm em comum?

Como foi dito antes, algumas pessoas acabam confundindo os dois museus por conta da fachada diferente que eles têm. Localizado também na International Drive, o WonderWorks Orlando aparenta ser uma casa de ponta-cabeça, chamando bastante atenção de qualquer um que passa por lá.

Outro ponto em comum entre o Ripley’s Believe It or Not e o WonderWorks é que ambos são museus que prezam pela interatividade. Ou seja, nada a tem a ver com os tradicionais museus onde os visitantes apenas olham as peças expostas, sem poder tocá-las ou ter outros tipos de experiência.

No entanto, as atrações de um nada tem a ver com as do outro. Para você ter uma ideia, o WonderWorks é como se fosse um pequeno parque de diversão com um foco educativo. Ele conta com exposições interativas que abordam temas como arte, ciências e meio ambiente.

Os simuladores estão entre as atrações que mais chamam a atenção. O Earthquake Cafe é um simulador que mostra qual é a sensação de um terremoto. Há ainda um simulador de furacão, o Hurricane Shack, uma cabana de onde os visitantes podem sentir a força dos ventos. É claro que estas não são as únicas atividades do WorderWorks, já que ele oferece um total de mais de 100 atrações. Assim como o Ripley’s Believe It or Not, ele também oferece algumas atividades pagas a parte.

Outras atividades diferentes em Orlando

Church Street Station

Antiga foto da Church Street Station

Imagem antiga da Church Street Station.

Nos anos 1990, a Church Street Station era um dos lugares mais badalados de Orlando. Por lá aconteciam apresentações de cancan e shows com temas do Velho Oeste. Essa antiga estação de trem passou, aos poucos, a ficar de fora do roteiro de viagem dos turistas e foi fechada.

Entretanto, após ser restaurada, reabriu e hoje conta com uma variedade de restaurantes e bares para reunir famílias e amigos. Há ainda um centro comercial com diversas lojas. O local também passou a ser um ponto de encontro dos torcedores do Orlando City.

Passeio de caiaque

Você já deve ter ouvido falar das praias, lagos e rios artificiais dos parques de diversão em Orlando, não é mesmo? Mas já imaginou passear por um rio de verdade? Saiba que alguns hotéis da cidade oferecem passeios de caiaque pelo Shingle Creek Regional Park.

É um programa bem diferente para se fazer durante a viagem e perfeito para quem gosta de aventura. Isso porque você pode ter a oportunidade de encontrar diversos animais nativos da região. Dependendo do clima no dia do passeio, você tem chances de encontrar os famosos jacarés da Flórida pelo meio do caminho.

Orlando Eye

Orlando Eye

Se você é do tipo que gosta de apreciar uma boa vista panorâmica, o passeio na Orlando Eye é imperdível. Ela nada mais é do que uma das maiores rodas-gigantes do mundo. Com cabines super confortáveis e espaçosas, trata-se de um programa bastante tranquilo para pessoas de todas as idades.

Uma dica é visitar a atração para assistir ao lindo pôr do sol da cidade. A Orlando Eye fica localizada no I-Drive 360, um complexo de entretenimento, onde há outras atrações, lojas, bares e restaurantes. Por isso, aproveite a visita para conhecer as demais atrações e jantar com a família.

Harry P. Leu Gardens

O Harry P. Leu Gardens é um lindo jardim botânico localizado em Orlando. Para quem deseja fazer um passeio tranquilo em meio à agitação dos parques e demais atrações da cidade, esta é uma excelente sugestão.

Este jardim possui a maior coleção de camélias de toda a América do Norte. Especialmente se a sua viagem for durante a primavera, fique sabendo que este é um passeio imperdível. Afinal, é quando os jardins estão mais floridos. Você vai se impressionar!

Kennedy Space Center

Imagem do Kennedy Space Center com um grande símbolo da NASA em um jardim.

Em Cabo Canaveral, bem próximo a Orlando, estão localizados o Kennedy Space Center e a estrutura da Agência Espacial Norte Americana (NASA). É de lá que são lançados as missões espaciais e os primeiros foguetes que chegam à lua.

Saiba que há algumas áreas abertas aos visitantes. Assim, é possível conhecer naves espaciais, equipamentos e trajes usados por astronautas, centros de controle e muito mais. Caso você tenha sorte, talvez até consiga ver um foguete sendo lançado de lá.

Orlando Balloon Rides

Outro programa bem diferente para se fazer em Orlando é o voo de balão. Com capacidade para até 15 pessoas, os balões são enormes e oferecem uma vista espetacular da cidade. Para tornar a experiência ainda mais especial, os balões são inflados antes do sol nascer.

Se você tem medo de voar de balão, saiba que ele fica preso ao solo por um cabo de aço e é guiado por um profissional. Portanto, trata-se de um passeio bem tranquilo e que pode render fotos incríveis da viagem.

Ficou com vontade de conhecer o Ripley’s Believe It or Not e as demais atrações diferentes de Orlando? Aproveite a viagem e curta tudo o que a cidade tem para oferecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *